Simule e contrate

g1


Benefício foi antecipado para 27 de dezembro apenas nas cidades atingidas pelas chuvas em Minas Gerais e na Bahia. Nos outros municípios, os primeiros beneficiários são aqueles com final de NIS 1. Vale-gás: Entenda o programa e quem tem direito ao auxílio O governo começa a pagar nesta terça-feira (18) o vale-gás, no valor de R$ 82. Para as famílias em cidades de Minas Gerais e Bahia atingidas pelas chuvas, o benefício já foi pago, em dezembro do ano passado. Nessa fase inicial, 100 mil famílias serão beneficiadas pelo programa. Ao todo, cerca de 5,5 milhões receberão o vale, pago a famílias que fazem parte do Auxílio Brasil. Os pagamentos serão feitos pelo número final do NIS. Nesta terça, começam a receber os beneficiários com NIS encerrado em 1. Em 31 de janeiro, o pagamento será destinado para quem tem NIS terminado em 0. Veja o calendário completo: Calendário do Vale Gás Economia g1 Os cartões e senhas utilizados para saque Auxílio Brasil poderão ser utilizados para o recebimento do Auxílio Gás. O beneficiário pode consultar a disponibilidade do benefício pelos aplicativos do Auxílio Brasil, pelo CAIXA Tem ou por meio do telefone 111. Quem tem direito ao benefício? Famílias inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do governo federal (CadÚnico), com renda familiar mensal per capita menor ou igual a meio salário mínimo nacional (R$ 550); Famílias que tenham entre seus membros residentes no mesmo domicílio quem receba o benefício de prestação continuada da assistência social, o BPC, que prevê um salário mínimo mensal à pessoa com deficiência e ao idoso com 65 anos ou mais que comprovem não possuir meios de prover a própria manutenção nem a família. A lei estabelece que o auxílio será concedido "preferencialmente às famílias com mulheres vítimas de violência doméstica que estejam sob o monitoramento de medidas protetivas de urgência".

Os primeiros a receber, já nesta terça-feira (18), são os beneficiários com final de Número de Inscrição Social (NIS) 1. Veja o calendário. Três milhões de brasileiros começam a receber o Auxílio Brasil nesta terça-feira (18) A Caixa Econômica Federal começa a pagar nesta terça-feira (18) a terceira parcela do Auxílio Brasil. Os primeiros a receber serão os beneficiários com final de Número de Inscrição Social (NIS) 1. O pagamento dessa rodada termina no dia 31 de janeiro. Veja o calendário completo mais abaixo. A partir deste mês, 3 milhões de novas famílias começam a receber o benefício, totalizando 17,5 milhões de famílias beneficiárias, segundo o Ministério da Cidadania. Auxílio Brasil: Qual o valor? Quem vai receber? Tire dúvidas Novos incluídos poderão movimentar benefício pelo Caixa TEM TUDO SOBRE O AUXÍLIO BRASIL Para saber em que dia o benefício ficará disponível para saque ou crédito em conta bancária, a família deve observar o último dígito do Número de Identificação Social (NIS), impresso no cartão de cada titular. Para cada final do NIS há uma data correspondente por mês. Veja abaixo o calendário: Calendário de pagamentos do Auxílio Brasil em 2022 Economia/g1 Com a inclusão dessas 3 milhões de novas famílias o ministério disse que "zerou a fila de elegíveis de 2021". Ao entrar no programa, as famílias recebem, pelos Correios, duas cartas encaminhadas pela Caixa: a primeira com orientações gerais sobre o Auxílio Brasil e a segunda com o cartão para movimentação bancária do benefício. Com ele, a pessoa pode fazer saques parciais ou no valor integral do benefício. Até que essas novas famílias recebam o cartão do programa, o benefício poderá ser movimentado pelo Caixa TEM – mesmo aplicativo usado para recebimento do Auxílio Emergencial. Assim, não é necessário ir às agências da Caixa. "As parcelas mensais ficam disponíveis para saque por 120 dias após a data indicada no calendário. Os beneficiários podem conferir no extrato de pagamento a “Mensagem Auxílio Brasil”, com o valor do benefício", informou, em nota, o Ministério da Cidadania. Canais de atendimento Em caso de dúvidas sobre o Auxílio brasil, o governo oferece 3 canais de atendimento: pelo telefone 121, do Ministério da Cidadania, pelo número 111 da Caixa Econômica Federal pelo aplicativo Auxílio Brasil

Indicador, no entanto, ficou abaixo da inflação medida pelo IPCA e IGP-M. Em São Paulo, preços médios recuaram 0,92% no ano passado. Placa de aluga-se; preço do aluguel teve alta de 3,87% em 2021, segundo FipeZap TV TEM/Reprodução O preço médio para novos contratos de aluguel residencial teve alta de 3,87% em 2021, segundo o Índice FipeZap divulgado nesta terça-feira (18). Trata-se da maior alta desde 2019 (4,93%). O índice que monitora o preço médio do aluguel em 25 cidades brasileiras encerrou dezembro com alta de 0,80%, o sexto avanço mensal consecutivo e mostrando aceleração frente aos últimos meses: julho (+0,13%), agosto (+0,37%), setembro (+0,52%), outubro (+0,57%) e novembro (+0,66%). Apesar do preço do aluguel ter ficado mais caro no ano passado, a alta ficou abaixo da inflação calculada pelo IPCA (+10,06%) e pelo IGP-M (+17,78%) em 2021. Preços dos imóveis têm primeira alta em quatro anos em 2020, aponta FipeZap IPCA: inflação oficial fecha 2021 em 10,06%, maior alta desde 2015 IGP-M: inflação do aluguel fecha 2021 com alta de 17,78% Preço do aluguel tem alta de 3,87% em 2021, diz FipeZap Economia g1 O preço médio do aluguel residencial encerrou o mês de dezembro em R$ 31,51/m². Em São Paulo, foi de R$ 39,76 o metro quadrado e, no Rio de Janeiro, R$ 32,16. Em São Paulo, preço caiu O preço do aluguel subiu em 24 das 25 cidades monitoradas. A exceção foi São Paulo, onde houve recuo de 0,92% no ano, na média. As maiores altas foram registradas em São José/SC (26,02%), Guarulhos/SP (18,64%), São José dos Campos/SP (16,38%) e Joinville/SC (14,69%). Entre as capitais, destaque também para os avanços observados em Curitiba (14,17%), Florianópolis (11,59%), Recife (11,19%), Fortaleza (9,55%) e Belo Horizonte (7,17%). Rentabilidade do aluguel A Fipe calcula também a rentabilidade do aluguel para o investidor que adquire um imóvel para obter renda com a locação. O índice é calculado pela razão entre o preço médio de locação mensal e o preço de venda dos imóveis, e fechou dezembro com uma taxa anualizada de 4,66%, abaixo da taxa de juros reais da economia. "Desde meados de 2020, o retorno médio do aluguel residencial tem recuado marginalmente, encerrando dezembro de 2021 em 4,66% ao ano – taxa recentemente superada pela rentabilidade média projetada para aplicações financeiras de referência", destacou a Fipe. A pior rentabilidade foi a de Fortaleza, com taxa anualizada de 3,48% , enquanto que a melhor foi a de Santos (7,61%). Em São Paulo, ficou em 4,91%. Principais aplicações financeiras perderam da inflação em 2021; veja balanço Selic a 9,25%: veja rendimento da poupança e comparativo com outros investimentos FGV lança mais um índice para futuros reajustes de aluguel

Público da campanha são crianças entre 5 e 11 anos de idade. Imunização do grupo prioritário começou nesta segunda (17) e ocorre na Casa da Vacina, que passou a funcionar no Centro de Saúde Jorge Caldas. Imunização infantil começou nesta segunda-feira para público prioritário em Macaé Bruno Campos/Prefeitura de Macaé Macaé (RJ) começou, nesta segunda-feira (17), a vacinar crianças, de 5 a 11 anos, autistas, com síndrome de Down e com deficiência (PCD). A imunização ocorre na Casa da Vacina, que passou a funcionar no Centro de Saúde Jorge Caldas. Atendimento vai até sexta-feira (21), das 8h às 16h. A primeira criança a receber a dose da vacina pediátrica da Pfizer foi Pedro, de 11 anos. O processo de preparação e aplicação da vacina foi acompanhado pela mãe, Fernanda Pozes. Pedro foi a primeira criança a se imunizar em Macaé Bruno Campos/Prefeitura de Macaé "É um momento muito importante para todos nós, especialmente para o Pedro", disse Fernanda. Anyck Viana, mãe de Ana Clara, de 5 anos, reforçou o quanto que a vacinação é importância para todas as crianças desta faixa-etária. “Todos os pais precisam trazer seus filhos para serem vacinados”, disse. A cidade recebeu governo do Estado, no último sábado (15), 1,6 mil doses de vacinas pediátricas da Pfizer. No município, a estimativa é que cerca de 25 mil crianças desta faixa-etária sejam imunizadas ao longo da campanha de imunização. A Prefeitura lembra que nesta primeira etapa estão sendo vacinadas apenas as crianças que pertencem ao público prioritário e que o calendário será ampliado de acordo com a entrega de novas remessas de vacinas. "O nosso calendário de vacinação das crianças de 5 a 11 anos será ampliado de acordo com a disponibilidade de doses da vacina pediátrica da Pfizer. A nossa equipe está preparada para atender a todos, com acolhimento e carinho", afirma a Secretária Municipal de Saúde, Liciane Furtado.

Vítimas já tinham se envolvido em outro crime e recebiam atendimento médico; Pronto-socorro foi cercado por policiais e curiosos Reprodução/Redes Sociais Dois homens morreram depois de serem atingidos por disparos de arma dentro do pronto-socorro de Itabira, na Região Central de Minas Gerais. De acordo com a polícia, dois suspeitos homens invadiram o hospital e atiraram contra a vítima. De acordo com a Polícia Civil (PC), as vítimas se envolveram em um crime no bairro Campestre, durante a tarde, e recebiam atendimento médico em função do ocorrido. Três pessoas foram presas, entre elas o piloto de uma moto que teria ajudado na fuga dos atiradores. A identidade das vítimas não foi revelada. Ainda segundo a PC, o caso já está em investigação. Os vídeos mais vistos do g1 Minas nos últimos dias:

Confira o telejornal. Confira o telejornal.
Interrupção no fornecimento de energia aconteceu por volta de 21h, após um problema técnico na Linha de Transmissão Guamá-Coqueiro. Na noite desta segunda-feira (17), bairros do Curió Utinga, Marambaia, Água Cristal, Castanheira, Souza e parte dos bairros do Marco e Atalaia, em Belém, ficaram sem energia elétrica. De acordo com a Equatorial, concessionária responsável pelo serviço, a interrupção no fornecimento de energia aconteceu por volta de 21h, após "um imprevisto técnico na Linha de Transmissão Guamá-Coqueiro". Segundo a concessionária, as causas do problema estão sendo apuradas e as equipes estão trabalhando para que o serviço seja normalizado o mais breve possível.

Em Petrópolis, Lavinne Ferreira, de 11 anos, foi a primeira a receber a vacina. 'Nossa, é um alívio no coração. Estou esperando há muito tempo', disse Lavinne. Crianças de 5 a 11 anos começam a receber a primeira dose da vacina contra a Covid-19 Esta segunda-feira (17) foi dia de vacinação infantil contra a Covid-19 em muitas cidades do interior do Rio. Na Região Serrana, Petrópolis tem cerca de 25 mil crianças na faixa-etária entre 5 e 11 anos, que é o público-alvo da campanha infantil em todo o Brasil. Teresópolis também começou a imunizar nesta segunda, priorizando crianças com comorbidades. A cidade possui, de acordo com estimativa da Secretaria Municipal de Saúde, 18 mil crianças na faixa-etária da campanha. Abaixo, saiba mais detalhes da vacinação nestas cidades: Petrópolis A cidade recebeu do governo do estado 1.650 doses e começou a imunizar crianças com comorbidade e com deficiência, de 11 e 10 anos de idade. Ao todo, 84 crianças receberam a primeira dose da Pfizer nesta segunda, entre elas Lavinne Ferreira de Souza, de 11 anos. Lavinne Ferreira de Souza, de 11 anos, foi primeira criança a ser vacinada em Petrópolis. Ela esperava ansiosamente pela vacina contra a Covid-19 Lucas Machado/g1 "Nossa, um alívio no coração quando tomei, porque eu estou esperando há muito tempo a vacina, desde o começo, e, agora que consegui tomar, graças a Deus, estou imunizada", disse Lavinne, que chegou acompanhada da avô, a auxiliar de enfermagem Marilene Ferreira. "Um alívio, né. Estou muito orgulhosa dela", disse a avó, que, nesta terça retorna com outro neto, irmão mais novo de Lavinne. Maria Eduarda Rosemberg, de 11 anos, foi a última pessoa da família a ser vacinada. “Estou muito feliz em ser vacinada. Infelizmente, muitas pessoas não puderam tomar a vacina”, disse Maria Eduarda. No Centro de Saúde, a imunização ganhou o toque da ludicidade. No local foi montando um mural colorido, que está sendo preenchido com as mãozinhas das crianças, que vão dar um empurrãozinho a mais na luta contra essa pandemia. Nesta semana continua sendo atendido o mesmo grupo prioritário, mas com ampliação da faixa-etária. Nesta terça (18), por exemplo, serão imunizadas crianças de 8 e 9 anos, e, na quarta (19), crianças de 7, 6 e 5 anos. Mas para se vacinar, é preciso fazer o cadastro no site da Prefeitura (clique aqui). Na quinta (20) e na sexta-feira (21) tem repescagem para quem não se vacinou, e, no sábado (22), tem dia D de vacinação. A vacinação infantil contra a Covid-19 em Petrópolis ocorre em seis pontos fixos (veja abaixo). Apenas na próxima semana, a Prefeitura começa a imunizar crianças sem comorbidade. “Queremos que a cobertura vacinal chegue perto de 100%. Sabemos que essa cepa é muito agressiva. Então esperamos que os pais e mães tragam seus filhos”, disse o secretário de Saúde, Marcus Curvelo. Pontos fixos de vacinação: UBS Quitandinha UBS Itamarati UBS Itaipava UBS Posse Centro de Saúde Coletiva Casa da Educação Visconde de Mauá Também haverá vacinação itinerante em diferentes pontos de apoio, com vacinação aberta a todo público-alvo. Nos locais listados abaixo, a vacinação será feita em uma data específica, ainda a ser divulgada, e não haverá necessidade de agendamento. Confira os locais: Lar Nossa Senhora das Graças (onde vivem 11 crianças) Lar Menino Jesus, onde residem quatro pessoas Alto da Serra Alto Independência Duques Amazonas Primeiro de Maio Duarte da Silveira Fazenda Inglesa Rocio Escola Municipal Fábrica do Saber (entre a Estrada da Saudade e Cascatinha) Retiro Carangola Vale do Carangola Bairro da Glória Castelo São Manoel Araras Vale das Videiras Manga Larga (em Itaipava) Vale do Cuiabá Quilombo da Tapera Pedro do Rio Vila Rica Secretário Brejal Teresópolis A cidade recebeu 980 doses da vacina infantil no último sábado (15) e começou a imunizar, nesta segunda, crianças de 11 e 10 anos com comorbidade. De acordo com a Prefeitura, até a entrega de nova remessa, as aplicações ocorrerão nos seguintes locais: Das 9h às 18h - o atendimento será nas unidades do programa Saúde na Hora, dos seguintes bairros: Fonte Santa, Rosário e Meudon. Das 9h às 16h - haverá atendimento nas unidades de Atenção Primária à Saúde da Barra e Araras. No interior da cidade, a imunização será na UBS de Bonsucesso e Pessegueiros. Com atendimento de 9h às 16h. Para receber a primeira dose da vacina contra a Covid-19, nesta primeira etapa de imunização infantil, será necessária a apresentação de atestado médico que comprove as seguintes comorbidades: Deficiência permanente; Síndrome de Down; Transtorno do Espectro Autista; Imunodepressões (HIV/AIDS, hemoglobinopatia grave e doença cardiovascular); DPOC (asma com medicamentos em uso, uso de corticóide sistêmico, história prévia de internação hospitalar ou displasia broncopulmonar); Obesidade grave; Diabetes tipo 1; Doença neurológica crônica. Documentos para vacinação: O cadastro da criança será realizado no momento da vacinação e, para isso, é preciso presentar CPF ou cartão do SUS. É necessário ainda levar um "atestado médico que comprove a condição clínica da criança ou receita do medicamento de uso contínuo com no máximo 3 meses", explica a Prefeitura.

Linn da Quebrada, Jade Picon e Arthur Aguiar se juntam aos demais na quinta-feira (20), após testarem positivo para a Covid-19. Reality show reúne mais uma vez famosos e anônimos. Bárbara, Eslovênia e Jessilane no primeiro dia do 'BBB22' Reprodução/Globo O "BBB22" começou nesta segunda-feira (17) com a estreia de Tadeu Schmidt na apresentação e só o grupo dos Pipoca, formado por dez participantes anônimos, entrando na casa. Linn da Quebrada, Jade Picon e Arthur Aguiar, integrantes dos famosos do Camarote, ficarão isolados por alguns dias após testarem positivo para a Covid-19 e se juntam aos demais na quinta-feira (20). Veja lista completa dos participantes Os Pipoca do 'BBB22' realizam jogo no primeiro dia da edição Reprodução/Globo Eslovênia foi a primeira a entrar na casa. Ela foi seguida por Eliezer, Vinicius, Jessilane, Lucas, Bárbara, Luciano, Natália, Laís e Rodrigo. Até a primeira interação com o novo apresentador, o Camarote — os dez famosos que integram a edição — ainda não tinha entrado. Douglas Silva, Brunna Gonçalves, Tiago Abravanel e Pedro Scooby entram no 'BBB22' Reprodução/Globo Com isso, os Pipoca realizaram o primeiro jogo do ano. Ao contrário do famoso jogo da discórdia, a ideia era entregar placas com características positivas dos companheiros que tinham acabado de conhecer. A entrada de sete dos integrantes do Camarote aconteceu ao vivo. O primeiro foi Tiago Abravanel, seguido por Brunna Gonçalves, Pedro Scooby, Douglas Silva, Maria, Paulo André e Naiara Azevedo. Tadeu Schmidt em sua estreia na apresentação do 'BBB22' Reprodução/Globo Resumo do 'BBB22': Assim como aconteceu nas últimas edições, o time do reality está dividido entre participantes do Pipoca e do Camarote; As torcidas dos integrantes adotaram emojis para demonstrar em quais times estão; As polêmicas também já tiveram início. E uma delas envolve a cantora Naiara Azevedo e a família da cantora Marília Mendonça; E antes mesmo da estreia e das provas de resistência, Boninho também já contou que o botão de desistência do programa ficará na sala. Os participantes do 'BBB22' mais uma vez são divididos entre Pipoca e Camarote Divulgação Botão da desistência Nesta edição, quem quiser desistir do jogo não vai precisar ir até o confessionário. O botão para desistir do "BBB22" ficará à vista de todos os participantes: logo na sala da casa, como um lembrete constante de que o jogo traz momentos de muita alegria, mas também de tensão e de decisões importantes. "A decisão de sair é séria e, para apertar o botão, será necessário passar por algumas etapas, já que o item está protegido em uma caixa iluminada, fechada por escotilha. Além disso, ele só poderá ser acionado quando indicado pela luz verde, em horários determinados. Se estiver vermelho, não tem jeito. Pode até fazer a mala, mas vai ter que esperar." Boninho mostra novo botão para desistir do "BBB22" Reprodução/Instagram Mais detalhes do jogo O líder terá mais privilégios e ganhou um quarto novo. Dessa vez, ele vai ficar no segundo andar da casa e terá outras novidades; Prova Bate e volta segue no programa. VIP e Xepa ficarão frente a frente. Antes da festa do líder os brothers poderão comprar itens adicionais com suas estalecas para turbinar a comemoração. O público vai poder ver o Cinema do Líder em casa. O filme exibido para os brothers será transmitido na Sessão Cinema do Líder, nas noites de terça na TV Globo. A casa terá mudanças e novos ambientes. O banheiro principal é o único com chuveiro. O humor segue garantido, com um quadro que fará um resumo divertido do que rolou na semana. A editoria do BBB no Receitas.com vai ensinar a fazer pratos inspirados nos que os participantes consomem na casa. Na #RedeBBB, a programação chegará com atrações de segunda a sexta-feira: Bate-Papo BBB com o eliminado, Parada BBB e Mesa BBB, entre outros formatos, estão confirmados. O público não vai perder nenhum momento do BBB no Globoplay. Será possível acompanhar as câmeras ao vivo, trechos, programas na íntegra e o Click BBB na plataforma de streaming. Antes de a nova edição começar, o Aquecimento BBB vai trazer os melhores momentos do "BBB 21" em 16 episódios no Multishow. O momento de colocar as cartas na mesa também está confirmado, com mais uma edição extra – e especial – com o reencontro dos participantes da temporada na TV Globo.
Entre as mulheres, o prêmio ficou com a espanhola Alexia Putellas. FIFA elege os melhores jogadores de futebol do mundo A Federação Internacional de Futebol (Fifa) elegeu nesta segunda-feira (17) os melhores jogadores de futebol de 2021. Campeão europeu pelo Chelsea, titular da seleção de Senegal, aos 24 anos ele não tinha emprego. Aos 29, o Mendy voa alto. O futebol brasileiro vive um momento diferente. Nos dois times de melhores do ano da Fifa, masculino e feminino, apenas Marta e Jorginho nasceram no Brasil - e o Jorginho defende a seleção italiana. Os melhores treinadores do ano trabalham no mesmo clube, o Chelsea. Entre os homens, Thomas Tuchel. Entre as mulheres, Emma Hayes, que viveu uma grande decepção na temporada: a derrota por 4 a 0 na final da Liga dos Campeões para o Barcelona da espanhola Alexia Putellas - vencedora inédita do prêmio da Fifa, mas que já tinha levado a Bola de Ouro no final de 2021. “Na Espanha há muito talento. Então, nós só precisávamos de tempo e de trabalho. Isso aqui não é fruto de meses nem dias, são muitos anos de trabalho”, afirmou Alexia Putellas. Desde 2016, dois prêmios dividem as atenções no futebol mundial. Lionel Messi ganhou um deles pela temporada 2020/21: a Bola de Ouro, da revista “France Football”. Na ocasião, Robert Lewandowski ficou em segundo lugar e não escondeu a decepção. Messi até disse que o polonês merecia o prêmio. Então, pela lógica dos próprios jogadores, a justiça foi feita com o Prêmio Fifa The Best. É o segundo “The Best” seguido para o artilheiro da Polônia e do Bayern de Munique. Ao todo, foram 69 gols em 69 jogos na temporada, com direito a novo recorde do campeonato alemão. A marca era antiga, pertencia a Gerd Müller - que morreu em 2021. “Foi importantíssimo ter quebrado esse recorde do Gerd Müller, para mim. Eu nem estava esperando por isso: 41 gols em 29 jogos. E se você me perguntasse se isso era possível, eu diria que não”, disse Lewandowski. Para certos talentos, tudo é possível. Cristiano Ronaldo é a prova. Aos 36 anos, ele ainda está entre os melhores. Ganhou um troféu pelos 115 gols na carreira com a camisa de Portugal. Um recorde absoluto no mundo por uma seleção masculina. Para durar muitas gerações.

Medição do Instituto Imazon indica que a Amazônia perdeu, nos últimos 12 meses, uma área de mata nativa equivalente à metade do território de Sergipe. Desmatamento na Amazônia Legal Jornal Nacional/ Reprodução A Instituto Imazon anunciou nesta segunda-feira (17) que área de Floresta Amazônica desmatada em 2021 foi a maior dos últimos 14 anos. A organização não governamental Imazon começou a usar informações de satélite para medir o desmatamento da floresta em 2008. O gráfico aponta que de 2018 para cá, o desmatamento só cresceu, até fechar 2021 com uma alta de 29% em relação a 2020. Em apenas um ano, foram perdidos 10.362 km² de floresta nativa, uma área equivalente à metade do território de Sergipe. “A gente tem observado alguns fatores, que inclui a redução na fiscalização, principalmente pelo Ibama, que vem desde 2019. Tem também a aplicação de sanções administrativas pelo Ibama, que vem reduzindo. Isso cria um efeito de impunidade”, afirma Carlos Souza Júnior, pesquisador o Imazon. Quase metade do desmatamento ocorreu em florestas federais, a destruição também avançou em unidades de conservação estaduais e federais. Essas áreas tinham sido criadas para a preservar a biodiversidade e de modos de vida de comunidades locais. “Existe pressão já no Congresso para a redução de áreas protegidas e, também, existe uma pressão para garimpo, para atividade madeireira nesses territórios que não são permitidas por lei”, explica o pesquisador. Desmatamento na Amazônia Jornal Nacional/ Reprodução Dos nove estados da Amazônia Legal, só o Amapá reduziu a destruição da floresta em 2021. O Amazonas, em termos percentuais, foi o estado em que o desmatamento mais subiu de um ano para o outro: 48%. Mas o Pará continua sendo o lugar onde mais se destrói a floresta, quase: 40% da área perdida em 2021, estava lá. Em nota, a Secretaria de Meio Ambiente do Pará afirmou que o estado reduziu o desmatamento em 7 dos 12 meses de 2021 nas áreas sob responsabilidade estadual. O Ministério do Meio Ambiente disse que as ações integradas entre órgãos federais estão reduzindo os crimes ambientais; e que, desde agosto de 2021, os alertas de desmatamento na região amazônica caíram mais de 15% - quando comparados a igual período de 2020, segundo acompanhamento do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). O governo do Amazonas declarou que apenas 5% dos alertas de desmatamento ocorreram em terras estaduais e que trabalha para melhorar a fiscalização e aumentar as alternativas econômicas na região.

O regime comunista de Pyongyang lançou uma série de mísseis de curto alcance, que podem ser respostas a pressões dos EUA e ao cenário interno. A mídia sul-coreana noticiou o mais recente lançamento de mísseis pelo vizinho do norte EPA/BBC A Coreia do Norte disparou dois mísseis balísticos de curto alcance sobre o mar que banha o Japão, na mais recente série de testes. Segundo as Forças Armadas da Coreia do Sul, relatos indicam que os mísseis foram lançados de um aeroporto próximo à capital norte-coreana, Pyongyang, na manhã da segunda-feira (17, no horário local). O Japão também confirmou a realização do teste. Foi o quarto lançamento de mísseis pela Coreia do Norte em duas semanas. A Organização das Nações Unidas (ONU) proíbe a Coreia do Norte de realizar testes balísticos e de armas nucleares, além de ter imposto duras sanções ao país. O país asiático, no entanto, descumpre a proibição com frequência, e o líder Kim Jong-un prometeu fortalecer as defesas norte-coreanas. Coreia do Norte dispara 'projétil não identificado', segundo Seul Coreia do Norte dispara novos mísseis; é o 3º teste em menos de 2 semanas Coreia do Norte diz que líder Kim participou de teste 'bem-sucedido' de míssil hipersônico Na sexta-feira, Pyongyang disse que havia disparado mísseis balísticos de curto alcance, enquanto dias antes conduzira dois testes do que alegou serem mísseis hipersônicos, que são mais difíceis de detectar. Por quê? A frequência dos testes e o momento, neste mês de janeiro, são incomuns. A Coreia do Norte tende a conduzir seus lançamento para marcar eventos de grande importância política no país ou como um sinal de sua insatisfação com exercícios militares realizados em conjunto pela Coreia do Sul e pelos Estados Unidos. Os lançamentos geralmente servem para o desenvolvimento de capacidades na área de mísseis e manter sua prontidão operacional. Segundo Ankit Panda, especialista do instituto Carnegie Endowment for International Peace, os mais recentes testes parecem confirmar a tendência. Ao mesmo tempo, "Kim Jong-un também tem considerações domésticas: numa época de dificuldade econômica, esses lançamentos lhe permitem passar a mensagem de que as prioridades de defesa nacional não serão negligenciadas", disse Panda à BBC. A Coreia do Norte tem enfrentado dificuldades com uma escassez de alimentos e uma economia fraca. São consequências de um bloqueio imposto pelo próprio regime, para manter a Covid-19 longe de suas fronteiras, que suspendeu o comércio com a China, seu maior aliado econômico e político - embora tenha havido relatos de que esse comércio possa ser retomado em breve. Kim admitiu recentemente que seu país enfrentava "uma grande luta de vida ou morte" e também afirmou que aumentaria seu poderio militar, incluindo o desenvolvimento de mísseis hipersônicos. As negociações com os Estados Unidos, que querem que a Coreia do Norte abandone suas armas nucleares, ficaram paralisadas desde que o presidente Joe Biden tomou posse. O governo Biden impôs suas primeiras sanções à Coreia do Norte na semana passada, em resposta a alguns dos testes realizados no início de janeiro. O lançamento de segunda-feira poderia, então, ser "uma reação mais dura" às sanções, mostrando que "o Norte não tem intenção de se deixar intimidar pelos EUA", disse Park Won-gon, professor de estudos norte-coreanos da Ewha Womans University (Coreia do Sul). Tem a ver com a China? Os lançamentos acontecem apenas semanas antes dos Jogos Olímpicos de Inverno, um evento extremamente sensível politicamente e de grande prestígio para a China e que está previsto para começar em 4 de fevereiro, em Pequim. "Eu imaginaria que a China não gostaria da Coreia do Norte testando mísseis em sua vizinhança às vésperas de Pequim abrir sua Olimpíada", disse no Twitter o analista Chad O'Carroll, especializado em Coreia do Norte. "Se isso continuar, não devemos eliminar a possibilidade de [a Coreia do Norte] poder estar incomodada com a China por alguma coisa." Panda, porém, disse que embora "Pequim possa não estar feliz com esses testes, eles provavelmente serão suficientemente toleráveis", considerando que eles não envolvem o teste de armas nucleares nem de mísseis de longo alcance, que ele chamou de "limites da China". Com relatos recentes de que a Coreia do Norte possa estar retomando o comércio com a China em breve, "o momento escolhido sugere que Pequim esteja mais do que conivente com as provocações de Pyongyang; a China está apoiando a Coreia do Norte economicamente e coordenando [com os norte-coreanos] militarmente", disse à BBC o especialista em Coreia do Norte Leif-Eric Easley. "Considerando sua relação estratégica com a China, a liderança norte-coreana provavelmente vai encerrar seus testes de mísseis e exercícios militares deste início de 2022 antes dos Jogos Olímpicos de Pequim." "O momento escolhido também sugere que a Coreia do Norte não deseja ficar quieta antes da eleição presidencial na Coreia do Sul [marcada para 9 de março] ou parecer enfraquecida enquanto a China envia ajuda através da fronteira." Vídeos: Os mais assistidos do g1 nos últimos 7 dias

Segundo a ANTT, fiscalização é rotineira e foi intensificada no período de férias; passageiros seguiram viagem em outros veículos. Quatro ônibus foram substituídos por irregularidades nos itens de segurança Guilherme Pimenta/G1 Pelo menos quatro ônibus foram substituídos pelas empresas de fretamento e turismo no Terminal JK, nesta segunda-feira (17), em Belo Horizonte. De acordo com a fiscalização, foram encontradas irregularidades nos itens de segurança. Segundo os fiscais da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), os passageiros embarcaram em outros veículos e seguiram viagem. Equipamentos como extintor de incêndio dentro do prazo de validade, pneus e outros itens obrigatórios foram vistoriados. Quem esperava pela chegada do ônibus aprovou a medida. A Lenilda Pimenta é professora e contou que é a primeira vez que utiliza essa modalidade de serviço fretado para ir a Cabo Frio, no litoral do Rio de Janeiro. Ela diz que a fiscalização ajuda a se manter mais tranquila. “A gente se preocupa com a segurança. Então, eu super aprovo essa fiscalização. Ajuda a gente a chegar com mais tranquilidade ao nosso destino, sabendo que está tudo bem”. O motorista Luiz Sergio Gomes compartilha da mesma opinião. Para ele, que vai enfrentar a rodovia até Vitória, no Espírito Santo, a fiscalização garante que os ônibus saiam da cidade de origem dentro das conformidades previstas em lei. “Na empresa em que trabalho, fazemos a conferência de todos os itens 1h30 antes de sairmos da garagem. E tem que fiscalizar mesmo. A gente tem uma velocidade de segurança, temos dois motoristas. Tudo certinho”, avaliou. Segundo a ANTT, a operação é rotineira e foi intensificada nesse período de férias. Os vídeos mais vistos do g1 Minas nos últimos dias:

A universidade disponibiliza mais de 2 mil vagas para estudantes em todo o estado. Valor pode chegar a R$ 400 por mês. UFT lança processo seletivo para o curso de direito em Arraias Divulgação/UFT Alunos de baixa renda da Universidade Federal do Tocantins (UFT) têm a oportunidade de concorrer a bolsas de assistência estudantil. Três programas estão com inscrições abertas: o auxilio moradia, auxílio alimentação e o auxílio de apoio pedagógico. As inscrições já começaram e seguem até o dia 20 de fevereiro, neste link. Os programas integram políticas públicas com o objetivo de atender necessidades básicas de estudantes de cursos de graduação presenciais. Para participar da seleção, os candidatos deverão ter sua análise socioeconômica deferida no Programa de Indicadores Sociais (PISO). Veja o edital. Confira detalhes dos programas: O Programa Auxílio Moradia oferece 240 vagas, com o valor mensal de R$ 400. Trata-se de uma política pública que consiste na oferta de auxílio financeiro aos estudantes de graduação presencial, regularmente vinculados, matriculados e em situação de vulnerabilidade socioeconômica comprovada. Os alunos precisam ser originários de outros municípios, com famílias que não morem e não possuam imóveis na cidade onde o campus está localizado. Já o Programa Auxílio Apoio Pedagógico disponibiliza 500 vagas, com o valor de R$ 400. O objetivo é colaborar com a permanência e melhoria do desempenho do estudante, além de contribuir com a redução dos índices de retenção e evasão decorrentes da insuficiência de condições financeiras e na promoção da inclusão social. Programa Auxílio Alimentação oferece 1.500 vagas, com o valor que varia de R$ 300 a R$ 400. Destina a estudantes que fazem graduação presencial em câmpus que não possuem Restaurante Universitário. Estudantes dos câmpus em que o Restaurante Universitário encontra-se fechado em razão das medidas de segurança adotadas por causa da pandemia da Covid-19 poderão participar do programa desde que cumpram com todos os requisitos exigidos. Caso ocorra a reabertura do Restaurante Universitário, o pagamento do Auxílio Alimentação será cancelado O resultado parcial da seleção está previsto para o dia 23 de fevereiro e o resultado final para o dia 25 de fevereiro. Veja mais notícias da região no g1 Tocantins.
Até o momento, apenas Bahia e na Paraíba anunciaram que vão exigir o comprovante de vacinação contra a Covid para crianças com mais de 12 anos. Médicos e educadores debatem a exigência do passaporte de vacina na volta às aulas presenciais O semestre do ensino infantil vai começar em fevereiro. Os médicos e as entidades que representam escolas recomendam a vacinação contra a Covid no retorno das aulas presenciais. A pandemia criou uma legião de excluídos na educação. Em 2020, quase 100% das escolas suspenderam as aulas presenciais e 90% não retornaram em 2021. Agora, com o início da vacinação das crianças a partir dos 5 anos a esperança é levar os alunos de volta para as escolas em fevereiro, início do ano letivo. Vitor de Angelo, presidente do Conselho Nacional dos Secretário de Educação, defende a importância da aula presencial e da vacina. “A vacina é uma alternativa segura que a Ciência nos trouxe. Entendendo que todas as famílias têm interesse na retomada das atividades escolares na forma presencial, para todos os alunos e com segurança, não há melhor alternativa que vacinarmos todas as pessoas para quem tem vacina disponível, para que esse objetivo seja alcançado”, afirma Vitor de Angelo. Até o momento, apenas dois estados anunciaram que vão exigir o comprovante de vacinação contra a Covid para crianças com mais de 12 anos. Na Bahia e na Paraíba, os alunos que não tiverem tomado a vacina terão que acompanhar as aulas online. No setor privado, a Federação Nacional das Escolas Particulares deixa claro que é totalmente favorável à imunização de crianças, mas não concorda com a exigência do passaporte. “Nosso entendimento é que temos que começar as aulas presenciais mesmo sem a vacinação e com o decorrer do tempo, sim, quem sabe, por órgãos do estado e não as escolas em si, exigir a vacinação ou não. Isso é uma decisão dos órgãos sanitários, não da escola exigir a vacinação dos alunos”, afirma Bruno Eizerik, presidente da Federação Nacional das Escolas Particulares. O professor da escola de direito da Fundação Getúlio Vargas, Gustavo Kloh, confirma que essa é mesmo uma decisão que só pode ser tomada pelo poder público, como nos casos da Bahia e da Paraíba. Até porque o governo federal não colocou a vacina contra a Covid na lista de vacinas obrigatórias - como a do sarampo, por exemplo. “Se não houver norma nem estadual, nem municipal determinando que se possa fazer essa exigência, não é razoável imaginar que um dono de colégio, uma dona de colégio, possa, por vontade própria, exigir a apresentação desse certificado de vacinação”, diz Gustavo Kloh. A Sociedade Brasileira de Pediatria e a Sociedade Brasileira de Imunizações apontam na mesma direção: o mais importante agora é que todas as crianças a partir dos 5 anos sejam vacinadas contra a Covid, e que a escola sirva de instrumento para conscientização dos pais, se for necessário. “Nós não podemos penalizar duplamente as crianças, que além de ficar sem uma imunização adequada, ficar sem educação tão necessária para o seu desenvolvimento. Medidas obrigatórias, punitivas, coercitivas não funcionam. Nós precisamos é educar, nós precisamos é orientar, nós precisamos é esclarecer a importância dessas famílias no ato da matrícula escolar de vacinarem seus filhos, com o intuito de protegê-los e de proteger toda a comunidade”, afirma o infectologista Renato Kfouri.

Edson Fomes de Luna Filho era filho do ex-prefeito de Duas Estradas, Edinho. O segundo era um jovem empresário, proprietário de uma loja de móveis na cidade. Filho de ex-prefeito de Duas Estradas, PB, e empresário morrem em acidente no Agreste da Paraíba Instagram/Reprodução Dois jovens morreram em um acidente na rodovia estadual PB-085, que liga os municípios de Pirpirituba e Sertãozinho, no Agreste da Paraíba. Eles estavam em um carro, na madrugada deste domingo (16), retornando à cidade de Guarabira, quando teriam perdido o controle do veículo, que capotou em seguida. De acordo com o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), ao chegar no local, só foi constatada a morte das vítimas. Edson Fomes de Luna Filho era filho do ex-prefeito de Duas Estradas, Edinho. O segundo era um jovem empresário, proprietário de uma loja de móveis na cidade. Pelas redes sociais, a Prefeitura de Duas Estradas lamentou a morte dos jovens e decretou luto oficial de três dias na cidade. As causas do acidente ainda são investigadas. O velório das vítimas aconteceu na manhã desta segunda-feira (17), em Duas Estradas. Os corpos dos jovens foram enterrados no cemitério da cidade. Vídeos mais assistidos do g1 Paraíba
Instituto também perguntou se os brasileiros acreditam que o presidente Jair Bolsonaro está agindo mais para ajudar ou para atrapalhar a vacinação das crianças contra a Covid. 81% são a favor de comprovante de vacinação contra Covid para a entrada em locais fechados Uma pesquisa do Datafolha revelou que a imensa maioria dos brasileiros apoia a exigência de comprovante de vacinas para lugares fechados. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. 81% declararam que são favoráveis à apresentação do comprovante para a entrada em escritórios, bares, restaurantes e shows; 18% são contra; 1% não soube responder. A pesquisa também mostra que a maioria dos brasileiros é a favor da vacinação infantil contra a Covid. Disseram que as crianças de 5 a 11 anos devem, sim, ser vacinadas 79% dos entrevistados; 17% afirmaram que as crianças não devem ser vacinadas; e 4% não souberam responder. O Datafolha perguntou se os brasileiros acreditam que o presidente Jair Bolsonaro está agindo mais para ajudar ou para atrapalhar a vacinação das crianças contra a Covid. Acreditam que Bolsonaro está agindo mais para atrapalhar a vacinação infantil 58% dos entrevistados; 25% acham que ele está agindo mais para ajudar; 2% disseram que ele não está agindo nem para ajudar nem para atrapalhar; e 14% não souberam responder. O Datafolha ouviu, por telefone, 2.023 pessoas com 16 anos ou mais na quarta (12) e na quinta-feira (13).
Lucas da Silva Leite oferecia os serviços no próprio apartamento, na Rua do Riachuelo, Região Central da cidade. Ele foi preso por policiais da Delegacia do Consumidor. Lucas da Silva Leite, o falso médico que realizava procedimento estéticos no Rio, agora está preso por tempo indeterminado. A decisão é da juíza Daniele Lima Pires Barbosa, que em audiência de custódia no sábado (15) entendeu que a prisão em flagrante deveria ser convertida em preventiva. Lucas foi preso no último dia 13 no próprio apartamento, na Rua do Riachuelo, Região Central do Rio. O local onde ele realizava os atendimentos não tinha nenhuma autorização sanitária para funcionar, seja como consultório ou clínica de estética. “Verifica-se que a prisão cautelar se faz necessária para a garantia da ordem pública, em especial porque a conduta praticada pelo custodiado coloca em risco a vida e saúde de diversas pessoas, posto que prescrevia e aplicava materiais sem a devida instrução, capacitação e autorização legal", escreveu a magistrada. A juíza também negou o pedido de relaxamento da prisão, apresentado pela defesa de Lucas, justificando que a prisão preventiva é necessária também porque o crime do qual ele é acusado tem pena máxima superior a quatro anos. Lucas é acusado de exercício ilegal da profissão. Orientava os pacientes Um vídeo feito por agentes da Delegacia do Consumidor, que investigaram e prenderam o falso médico, mostra ele oferecendo procedimentos estéticos a pacientes. No registro, é possível ver Lucas, mesmo sem nenhuma habilitação, orientando os pacientes. "A toxina, a gente pode fazer. Eu te orientaria a fazer dessa forma, não fazer algo muito agressivo. Podia fazer bem mais natural, eu gosto de fazer bem. Pegar uma toxina bem forte, que eu gosto de trabalhar com risco. Ela tem uma durabilidade de até sete meses. É uma toxina que hoje no mercado está dominando legal e, assim, eu nunca tive problema nenhum com ela". Polícia prende falso médico que realizava procedimentos estéticos dentro de apartamento no Centro do Rio Os agentes da Delegacia do Consumidor chegaram até o local depois de uma denúncia. Eles se passaram por clientes e prenderam Lucas após iniciarem uma consulta. O falso médico fazia aplicações de laser, preenchimentos e procedimentos estéticos invasivos no corpo e no rosto dos clientes, como aplicação de toxina botulínica e ácido hialurônico. Segundo a polícia, os preços cobrados eram mais baixos do que os de mercado. O resultado era sempre apresentado nas redes sociais, onde Lucas exibia os clientes. Medicação guardada junto com alimentos Lucas Leite foi preso em flagrante por exercício ilegal da profissão, por uso de medicamentos sem identificação de origem. Além da medicação que só pode ser vendida com prescrição médica, os agentes apreenderam produtos, como enzimas, que eram aplicadas para queimar gordura. Também chamou atenção dos policiais o fato do falso médico guardar a medicação em uma geladeira junto com alimentos e bebidas. Segundo a polícia, Lucas exercia a função de médico e de esteticista e se apresentava como biomédico, mas ele não tem, de acordo com as investigações, nenhuma formação. Não estava habilitado a fazer os procedimentos, e a clínica não tem registro sanitário, nem licença pra funcionar. “Essa ação serve de alerta aos consumidores ao buscar um tratamento estético para ver se esse local tem autorização sanitária. É verificar a habilitação do profissional que vai realizar o tratamento. A Polícia Civil orienta que as pessoas procurem um profissional qualificado, médico”, diz o delegado Ricardo Barbosa.

Assista aos vídeos do telejornal com as notícias do Acre. Assista aos vídeos do telejornal com as notícias do Acre.
Juíza da 10º Vara Criminal Federal acolheu o argumento do MP, de que as quebras de sigilo usadas na investigação contra Fábio Luís tiveram origem em um processo aberto contra o ex-presidente Lula que foi anulado pelo STF. A Justiça Federal em São Paulo determinou o arquivamento de um inquérito policial que apurava um suposto esquema de lavagem de dinheiro para custear despesas de Fábio Luís Lula da Silva, filho do ex-presidente Lula. A investigação, de 2016, era um desdobramento da Lava Jato. A juíza Fabiana Alves Rodrigues, da 10º Vara Criminal Federal, acolheu o argumento do Ministério Público, de que as quebras de sigilo usadas na investigação contra Fábio Luís tiveram origem em um processo aberto contra o ex-presidente Lula que foi anulado pelo Supremo Tribunal Federal. A defesa de Fábio Luís Lula da Silva disse que as ilegalidades no processo já haviam sido apontadas no pedido de arquivamento do Ministério Público Federal e, agora, foram confirmadas pela Justiça.

Ifac suspendeu atividades por 15 dias a partir desta terça-feira (18) e Defensoria Pública do Acre de terça até o dia 21 de janeiro. Com aumento de casos de Covid e síndromes gripais, Ifac e Defensoria suspendem atividades presenciais Divulgaçãi/Ifac/Defensoria O Instituto Federal Acre (Ifac) e a Defensoria Pública do Acre suspenderam as atividades presenciais por causa do aumento de casos de Covid-19 e Síndromes Gripais no estado a partir desta terça-feira (18) Ifac No Ifac, as atividades vão ficar suspensas durante 15 dias. "A suspensão é resultado da recomendação do Comitê Central de Acompanhamento do Coronavírus (Comitê Central Covid-19/Ifac) que, após reunião, avaliou o agravamento do cenário epidemiológico devido à pandemia da covid e da epidemia do vírus influenza A, subtipo H3N2, que pode levar a casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG)." Ainda de acordo com o Ifac, a recomendação considerou os decretos de Situação de Emergência emitidos pelo Governo do Estado e Prefeitura Municipal de Rio Branco. Defensoria Pública do Acre Já a Defensoria Público do Estado do Acre informou que o atendimento presencial está suspenso na capital e no interior do Acre a partir desta terça (18) até o dia 21 de janeiro. O órgão disse que a medida se dá devido o aumento de casos de Covid e de Síndromes Gripais. A Defensoria ressalta que o atendimento à população vai ficar sendo feito por meio dos canais virtuais: chat de atendimento, WhatsApp e email. Reveja os jornais do Acre

Provas para a nova aplicação, Enem PPL e reaplicação foram feitas em 9 e 16 de janeiro. Segundo dia do Enem 2021 tem mais de 30 mil abstenções na Paraíba Giuliano Gomes/PRPress O segundo dia do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021 teve mais de 2 mil faltosos na Paraíba, de acordo com dados do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), divulgados nesta segunda-feira (17). As provas para a nova aplicação, Enem PPl e reaplicação foram realizadas em 9 e 16 de janeiro. Novo ensino médio: saiba quais mudanças passam a valer De acordo com os dados do Inep, 9.584 pessoas estavam inscritas para a prova física do Enem na Paraíba em 2022. Deste total, 29,39%, ou seja, 2.817 pessoas não compareceram ao segundo dia do exame. No primeiro dia cerca de 21 mil pessoas não compareceram. A reaplicação foi destinada para os que faltaram à edição de 2021 do exame, em novembro, por um motivo justificado, como o diagnóstico de alguma doença infectocontagiosa ou um problema logístico. Na Paraíba, foram 84 inscritos e 37 presentes. Também fizeram o exame os inscritos no Enem 2020 que tiveram isenção na inscrição, mas não compareceram à aplicação naquele ano em meio à pandemia de Covid-19, e conseguiram na Justiça se inscreverem sem precisar pagar taxa. Foram 8.556 inscritos e 6.252 ausentes em todo o estado. Além deles, o Enem foi aplicado neste domingo para adultos presos e jovens que estão cumprindo medida socioeducativa com privação de liberdade (Enem PPL 2021). Foram 944 inscritos e 476 realizaram a prova. Vídeos mais assistidos do g1 Paraíba

Caso aconteceu na cidade de Itabela, no sul da Bahia. Antônio Genilton Bonfim, de 53 anos, era agricultor e trabalhava na gestão municipal de Eunápolis. Diretor da prefeitura de Eunápolis morre em acidente na Bahia O agricultor e diretor de serviços de estruturas da Prefeitura de Eunápolis morreu após o trator em que ele estava capotar, na cidade de Itabela, no sul da Bahia. A vítima foi identificada como Antônio Genilton Bonfim, de 53 anos. Segundo a Prefeitura de Eunápolis, o acidente aconteceu em uma ladeira da fazenda dele no domingo (16). O corpo de Antônio Bonfim foi enterrado na tarde desta segunda-feira (17), em Itabela. Diretor de prefeitura de cidade baiana morre após trator capotar em fazenda no sul da Bahia Radar 64 Diretor de prefeitura de cidade baiana morre após trator capotar em fazenda no sul da Bahia Reprodução / TV Santa Cruz Veja mais notícias do estado no g1 Bahia. Assista aos vídeos do g1 e TV Bahia 💻 Ouça 'Eu te explico' 🎙
País também atinge maior média diária de casos desde 24 de junho de 2021, com 75.253 testes positivos Números de casos registrados chega a 76.345 em 24h O Brasil registrou de domingo (16) para esta segunda (16) 162 mortes, 41 desses óbitos foram no Ceará. O estado informou que atualizou nesta segunda dados represados desde o começo deste ano por causa da instabilidade no sistema do Ministério da Saúde. Já são 621.261 vítimas da doença. Nas últimas 24 horas, foram 76.345 novos casos conhecidos. O total é de 23.083.297. A média de casos está em alta de 662% em duas semanas. São 75.253 casos por dia, a maior média desde 24 de junho de 2021. A média de mortes também está em alta, de 66%. São em média 160 óbitos por dia. Nesta segunda-feira, o Acre não divulgou os dados. Dezenove estados registraram alta de mortes. Três estados e o Distrito Federal têm estabilidade e três estados têm queda. Nesta segunda, dez estados não divulgaram dados sobre a vacinação. Nas últimas 24 horas, 165.646 pessoas tomaram a primeira dose; 693.129 tomaram a segunda ou a dose única, e 1.832.233, a dose de reforço. No total do dia foram 2.691.008 vacinados. Desde o começo da vacinação, 162.210.686 brasileiros tomaram a primeira dose da vacina, que equivalem a 75,51% da população; 147.308.222 estão com a vacinação completa — 68,57%. E 35.685.983 tomaram a dose de reforço — 16,61%. Os estados mais adiantados na vacinação completa são São Paulo, Piauí, Santa Catarina, Minas Gerais e Rio Grande do Sul. Outras informações em g1.com.br/coronavirus.

A mudança do local fixo de aplicação, anteriormente no Centro de Eventos, se deu por questões logísticas, conforme a prefeitura. Terceira dose da vacina contra Covid-19 para quem completou quatro meses da 2ª dose vai ser aplicada no Shopping Iguatemi. Iguatemi/Divulgação A população de Fortaleza que completa os quatro meses da segunda dose da vacina contra a Covid-19, estando apta a aplicação da terceira dose, deve se dirigir ao Shopping Iguatemi a partir desta segunda-feira (17). A mudança do local fixo de aplicação, anteriormente no Centro de Eventos, se deu por questões logísticas, devido à vacinação das crianças de 5 a 11 anos, conforme a prefeitura da capital. LEIA TAMBÉM: Novo lote com 55 mil doses de vacina contra Covid-19 para crianças e 270 mil para dose de reforço chega ao Ceará nesta terça Confira listas de crianças agendadas para vacinação contra a Covid-19 em Fortaleza desta terça e quarta-feira Desde dezembro de 2021, a Prefeitura de Fortaleza liberou a terceira dose, sem necessidade de agendamento prévio, para aqueles que completaram o intervalo de quatro meses da segunda dose. Com a mudança de local, a população pode se dirigir ao Shopping Iguatemi, das 9h às 17h, no piso térreo, próximo à praça da expansão. No local, a Prefeitura segue atendendo, também sem agendamento, a população que já está com cinco meses ou mais de intervalo entre as duas doses. Chegada de novos lotes Primeiro lote de vacinas pediátricas do Ceará chegou com 55 mil doses de Pfizer/BioNTech. Sesa/Reprodução O Ceará vai receber, na madrugada desta terça-feira (17), um novo lote com doses pediátricas de vacinas contra Covid-19 para crianças entre 5 e 11 anos. A nova remessa traz mais 55 mil imunizantes da Pfizer/BioNTech para esta faixa etária. O estado também recebe 270 mil vacinas do mesmo fabricante para a dose de reforço do público acima de 12 anos. "Ótima notícia para a sequência da imunização das nossas crianças de 5 a 11 anos: o estado receberá na madrugada de amanhã [terça-feira] o 2° lote de vacinas pediátricas da Pfizer. Serão mais 55.100 doses, com previsão de chegada às 3h", publicou Camilo Santana. A vacinação das crianças começou no último sábado (15), após o estado receber o primeiro lote das doses pediátricas na sexta-feira (14). "Além disso, nesta terça-feira também está prevista a chegada de 270.270 doses da Pfizer para o público acima de 12 anos, que serão utilizadas para aplicação das vacinas de reforço dos cearenses. Juntos vamos superar essa pandemia", complementou Camilo. Listas de vacinação A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de Fortaleza divulgou a lista dos agendados para a vacinação contra a Covid-19 desta terça-feira (18) e quarta-feira (19). Estão agendados crianças de 5 a 11 anos como também população em geral com a dose de reforço. Confira as listas de vacinação desta terça-feira (18): Agendados Crianças D1 Agendados População Geral - Dose de reforço Confira as listas de vacinação desta quarta-feira (19): Agendados Crianças D1 Agendados População Geral - Dose de reforço O que fazer se você está no atual grupo de vacinação Checar se seu nome está incluído na lista de agendamentos para uma das unidades de imunização em Fortaleza. A prefeitura divulga os nomes dos contemplados por dia. Se seu nome estiver incluído na lista de agendamento, é preciso comparecer ao local exato na hora informada ou aguardar o serviço em casa; Pessoas agendadas devem ir a um dos centros de vacinação da capital, onde estiverem agendados: Centro de Eventos, shoppings RioMar Fortaleza, RioMar Kennedy, Iguatemi, Sesi Parangaba ou postos de saúde. No Centro de Eventos as salas de acolhimento serão nos salões Taíba e Jericoacoara. Todos os agendados devem levar a comprovação do agendamento prévio, documento de identidade com foto, CPF e comprovante de residência. Se você não está agendado, mas se encaixa nos outros perfis, deve procurar o ponto de vacinação que tenha disponível a marca da mesma vacina que tomou na primeira dose (D1). Assista às notícias do Ceará no g1 em 1 Minuto:
Organização Mundial da Saúde diz que os casos de transmissão dentro da própria família aumentaram com o surgimento da variante. Ômicron aumenta os casos de infecção de brasileiros dentro de casa A vacinação de crianças é especialmente importante porque a ômicron tem aumentado a chamada contaminação intrafamiliar: dentro de casa. Se a preocupação com a contaminação sempre foi maior da porta de casa para fora, com a ômicron é um pouco diferente. A Organização Mundial da Saúde diz que os casos de transmissão dentro da própria família aumentaram com o surgimento da variante. “O que a gente vem observando é que há um aumento na transmissão dentro de casa. Alguém da família está saindo e não está tomando os cuidados necessários. Então, é necessário que haja uma consistência no uso dessas medidas para todos os membros da família”, afirma Mariângela Simão, diretora para Medicamentos e Vacinação da OMS. Um estudo publicado pela agência de saúde do Reino Unido constatou que, em 8,3% dos casos, pessoas infectadas com a variante delta contaminaram mais alguém da família. Com a ômicron, o número sobe para 19%. No Brasil, no pronto atendimento dos hospitais, os médicos também perceberam outra mudança na dinâmica da pandemia. “Durante toda a pandemia, nós tínhamos um atendimento de crianças assintomáticas com a família já sabidamente positiva ou apresentando sintomas. Agora, não raramente, até com uma certa frequência, a criança é o primeiro membro da família a apresentar o sintoma e a testar positivo”, diz Ricardo Fonseca, pediatra do Hospital Sírio-Libanês. Os epidemiologistas dizem que o que se vê nos hospitais faz todo sentido. As crianças são hoje o grupo mais vulnerável porque ainda não estão protegidas pela vacina. Se elas ficam doentes, a carga viral é alta e, portanto, têm mais chance de transmitir o vírus do que uma pessoa que pegou Covid, mas está imunizada. Por isso, a epidemiologista Ethel Maciel reforça: vacinar as crianças é uma estratégia de contenção da pandemia. “A gente precisa também ampliar a vacinação nesse grupo para que a gente possa controlar a pandemia, diminuindo a transmissão, diminuindo essa quantidade de vírus circulando. A vacinação é estratégia coletiva. Quanto mais transmissível uma variante, mais pessoas nós precisamos vacinar”, afirma a epidemiologista Ethel Maciel. Na família da técnica de enfermagem Débora Cardoso, todos pegaram Covid e tiveram sintomas leves. Os pais estão completamente vacinados; os filhos, de 5 e 8 anos, ainda esperam a vez. “A gente não vê a hora de as crianças todas poderem se vacinar para gente poder ajudar a controlar a pandemia”, diz Débora. “Bem ansioso mesmo. Quero sair para ficar livre. A casa é muito pequena, eu gosto de correr por aí, igual passarinho”, conta Gael Cardoso da Silva, de 8 anos.

Caso aconteceu na BA-283, na cidade de Itabela. De acordo com a polícia, vítima foi arremessada por cerca de 500 metros. Motociclista morre após ser atingido por carro em Itabela, no sul da BA Um homem morreu após um carro invadir a contramão e bater na motocicleta em que ele estava, na BA-283, na zona rural de Itabela, cidade do sul da Bahia. Segundo a Polícia Civil, o motorista do outro veículo não tinha carteira de habilitação e foi preso em flagrante. O caso aconteceu na noite de domingo (17). A vítima foi identificada como Célio Marques da Cruz. De acordo com a polícia, o motociclista foi arremessado por cerca de 500 metros. Ele morreu no local do acidente. O motorista do carro deve ser denunciado por homicídio culposo. Motorista é preso após invadir contramão e matar motociclista atropelado no sul da Bahia Reprodução / TV Santa Cruz Motorista é preso após invadir contramão e matar motociclista atropelado no sul da Bahia Reprodução / TV Santa Cruz Veja mais notícias do estado no g1 Bahia. Assista aos vídeos do g1 e TV Bahia 💻 Ouça o podcast 'Eu te explico' 🎙
Coronavírus no Paraná: Acompanhe as notícias do estado em relação à pandemia Veja a playlist com os vídeos exibidos nos telejornais da RPC. Confira a média móvel de mortes e casos de Covid-19 no estado do Paraná
Em São Paulo, a imunização começou pelas crianças com comorbidades. Vacinação infantil : dez capitais começaram a imunização nesta segunda Dez capitais começaram nesta segunda (17) a vacinação de crianças contra Covid. No Rio, a primeira criança a se vacinar foi a Marion Timóteo Barbosa, de 11 anos. Ela é campeã pan-americana de jiu-jítsu. “É como uma medalha. Só que você coloca a medalha aqui (faz o gesto de colocar a medalha no pescoço) e a vacina você toma ela aqui (aponta para o braço)“, compara a pequena atleta. Em São Paulo, a vacinação começou pelas crianças com comorbidades, seguindo a recomendação do Ministério da Saúde. Mas cada estado ou cidade tem autonomia para planejar o calendário. Média móvel nacional de novos casos conhecidos de Covid passa de 75 mil por dia, perto da pior marca da pandemia 81% dos brasileiros apoiam a exigência do 'passaporte de vacina' em locais fechados, diz Datafolha Vacinação contra a Covid: 147,3 milhões de pessoas estão totalmente imunizadas; 10 estados não divulgaram dados
Ministério da Saúde orienta que quem foi infectado pelo coronavírus deve adiar a vacinação por pelo menos quatro semanas após o início dos sintomas. Especialistas reforçam que completar o ciclo vacinal é essencial mesmo para quem já teve Covid O avanço da variante ômicron fez com que muita gente adiasse a dose seguinte da vacina contra a Covid. Mas a imunização completa é essencial mesmo para quem já se infectou. A dúvida se tornou mais frequente com o aumento dos casos. “Uma das perguntas mais comuns que eu recebo dos meus pacientes na hora que eles estão se recuperando da Covid, já passou aquele susto, é quando eu posso me vacinar. Todos querem se vacinar exatamente por ter acabado de vivenciar a doença. E a resposta é exatamente essa: não deixe de se vacinar. Espere a sua vez, espere o seu prazo”, afirma a infectologista Rosana Richtmann, consultora da Sociedade Brasileira de Infectologia. O Ministério da Saúde confirmou a orientação: quem foi infectado pela Covid-19 deve adiar a vacinação por pelo menos quatro semanas após o início dos sintomas. Pessoas assintomáticas devem esperar quatro semanas a partir do primeiro exame de PCR positivo. "A imunidade trazida apenas pela infecção pode diminuir rapidamente, mais rapidamente do que a imunidade dada pela vacina e, quando você nem percebeu, você já não está mais protegido pela imunidade dada pela infecção”, explica o geneticista Salmo Raskin, presidente do departamento científico de genética da Sociedade Brasileira de Pediatria. Por isso, mesmo para quem já teve infecção pelo vírus da Covid, a vacina é essencial. “Ela é um pacto de saúde coletivo, não apenas individual. Porque aí você tem aquela ação coletiva da vacina e o vírus fica sem ter onde ir, porque está todo mundo vacinado, está todo mundo imunizado”, destaca Flávio da Fonseca, presidente da Sociedade Brasileira de Virologia. “A pessoa vacinada pode até transmitir o vírus, mas a carga viral é muito menor do que o não vacinado. Então, uma vez que eu estou vacinada, mesmo que eu me infecte, a quantidade de vírus que eu vou poder contaminar o outro é muito menor do que alguém não vacinado”, explica Rosana Richtmann. Em vários aspectos, a proteção oferecida pelas vacinas é muito superior à imunização que pode resultar de uma infecção. Um estudo recente da Agência de Saúde do Reino Unido entre contaminados com a variante ômicron mostra que pessoas vacinadas com três doses têm uma redução de 88% no risco de hospitalização. “Existem vários estudos mostrando que, por exemplo, pessoas que se infectaram e depois não se vacinaram têm uma chance cinco vezes maior de se reinfectar do que pessoas que nem se infectaram e receberam duas doses da vacina. Vacinar é muito mais seguro do que se infectar. Sem falar que a infecção pode arriscar a vida da pessoa e a vacina de modo algum. Mas, se alguém já se infectou, deve se vacinar porque aí sim a pessoa terá atingido o maior grau de proteção para hospitalização”, explica o geneticista Salmo Raskin. Veja no g1 O g1 publicou esclarecimentos para as dúvidas mais frequentes sobre vacinação contra a Covid. As perguntas e os termos mais procurados pelos brasileiros sobre o tema na internet desde o começo da campanha de imunização, você encontra, na web, em g1.com.br ou pode baixar o aplicativo do g1 para o celular - que traz alertas das notícias mais importantes do dia.

Boa noite! Aqui estão as principais notícias do estado para você terminar o dia bem-informado. Confira o resumo de algumas das principais reportagens e as mais acessadas pelos leitores do g1 PR, nesta segunda-feira (17). Mãe de uma das primeiras crianças vacinadas em Curitiba celebra imunização da filha O início da vacinação para crianças contra a Covid-19 em Curitiba, nesta segunda-feira (17), proporcionou o sentimento de esperança para pais e responsáveis que aguardavam ansiosos pela imunização. A pequena Júlia, de 6 anos, foi uma das primeiras crianças vacinadas na capital. A mãe dela celebrou a oportunidade. 💉 Covid: Crianças de grupos prioritários serão vacinadas na segunda (17) e terça (18) Júlia, que foi vacinada em domicílio pelos agentes de saúde, integra o grupo prioritário atendido inicialmente pela prefeitura, composto por menores acamados, institucionalizados, indígenas e quilombolas. A vacinação é para crianças de 5 a 11 anos. Crianças começam a ser vacinadas no Paraná Testes falsos de Covid para ver show levam 13 pessoas para a delegacia Ao menos 13 pessoas foram conduzidas a Delegacia de Polícia Civil de Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, após apresentarem teste de Covid-19 falso para entrar em um show do cantor Gusttavo Lima, de acordo com a prefeitura do município. O show foi na noite de domingo (16). A polícia investiga a venda de testes falsos pela internet. 😷 Teste negativo de Covid deverá ser apresentado em shows com mais de 500 participantes em Foz do Iguaçu 13 pessoas são flagradas com testes falsos de Covid-19 em show A apresentação do teste RT-PCR ou teste de antígeno negativo para a Covid, realizados até 48h antes do evento, passou a ser obrigatória em eventos com mais de 500 pessoas após decreto publicado pelo município. A medida passou a valer no domingo (16) após mais de 4,1 mil novos casos de Covid- 19 serem registrados na cidade em 2022. MP denuncia presos por ameaçarem comerciantes com ligações de dentro da cadeia Seis presos da Cadeia Pública de Cornélio Procópio, no norte pioneiro do Paraná, foram denunciados pelo Ministério Público do estado (MP-PR) por aplicarem golpes em comerciantes, em ligações feitas de dentro da prisão. Segundo a denúncia, apresentada na quinta-feira (13), os detentos ligavam para os empresários, usando nomes de traficantes conhecidos e pediam dinheiro, intimidando-os. Conforme o MP-PR, entre outros tipos de ameaças, os denunciados diziam aos empresários que, caso os valores exigidos não fossem pagos, “colocariam seus moleques para roubar”. Ministério Público denuncia ameaças de presos contra comerciantes Delegado, policial civil e outras nove pessoas são condenadas por envolvimento com 'Jogo do Bicho' Um delegado, um policial civil e outras nove pessoas foram condenadas pela Justiça por envolvimento com o “Jogo do Bicho”, segundo o Ministério Público do Paraná (MP-PR). A condenação, divulgada nesta segunda-feira (17), foi feita no âmbito de uma operação deflagrada em 2017. À época, o delegado Reginaldo Caetano e o policial civil chegaram a ser presos suspeitos de envolvimento no caso. O g1 tenta contato com o delegado. De acordo com a denúncia, pessoas que gerenciavam bancas do Jogo do Bicho pagavam propinas aos policiais para que a atividade ilegal fosse mantida. Ministério Público do Paraná (MP-PR) Reprodução/RPC Um morre e quatro são baleados em tiroteio na Cidade Industrial de Curitiba Um jovem morreu na tarde desta segunda-feira (17) na Cidade Industrial de Curitiba (CIC), após um tiroteio na vila Nossa Senhora da Luz. Outros quatro jovens ficaram feridos e, segundo a Polícia Militar, dois estão em estado grave. Informações preliminares da polícia dão conta que a vítima é um jovem de 16 anos. Os outros quatro baleados têm idade entre 18 e 24 anos. Até às 16h, as polícias civil e militar ainda realizavam diligências no local para apurar as causas do crime, porém, trabalham com a hipótese de acerto de contas. Dos quatro feridos, dois ficaram em estado grave Divulgação/RPC Curtas e rápidas VÍDEO: Passageiro filma pane em motor de avião após colisão com pássaro no Aeroporto Afonso Pena; 'saíam algumas faíscas' Paraná tem 10,5 mil vagas de emprego abertas pelas Agências do Trabalhador Em 40 dias, 28 pessoas são atacadas por piranhas na costa oeste do Paraná, segundo Bombeiros Hospital do Trabalhador de Curitiba retoma atendimentos após alagamento no pronto-socorro Criança de 5 anos é baleada após homens atirarem contra a casa da família, em Almirante Tamandaré Maringá abre mais dois pontos com testes rápidos gratuitos para Covid-19 Fundação Parque Tecnológico Itaipu abre processo seletivo com 41 vagas; salários chegam a R$ 10 mil Criança de três anos morre afogada após cair dentro de piscina, em Maringá Santa Casa de Irati suspende visitas após chuvas alagarem corredores do hospital Árvore cai em cima de carro parado no semáforo durante chuva forte em Curitiba VÍDEOS: mais assistidos do g1 PR Veja mais notícias do estado em g1 Paraná.

Depois de um ano da chegada do primeiro imunizante ao país, o número de mortes pela doença não cresceu apesar do aumento de casos. Segundo os médicos, porque quase 70% dos brasileiros estão imunizados. Brasil está entre os países que mais aplicaram doses de vacinas contra Covid Faz um ano que os brasileiros começaram a ser vacinados contra Covid. No dia em que tomou a primeira dose da vacina contra Covid, a recordista mundial de engajamento na internet, com mais de vinte 30 milhões de seguidores em uma rede social, publicou o mesmo que muitos de nós quando fomos vacinados: “Hoje chegou o meu momento e eu só consigo agradecer pela vida”, afirmou Juliette Freire, campeã do BBB 21, na ocasião. “Eu acho que todos os brasileiros vacinados sentem isso. É uma sensação de que sobrevivemos. Quando eu me vacinei passou um filme na minha cabeça de tudo o que a gente viveu nesses últimos anos, de todo o medo”, afirma a cantora Juliette. Os últimos 12 meses não passaram sem deixar marca. Uma cicatriz no pulmão para a enfermeira do SUS Thaís Marques Lopes Ribeira. Recém-promovida a secretária municipal da saúde em Franco da Rocha, em São Paulo, há um ano ela ainda estava no front, onde conheceu a Covid de perto, já em março de 2020. “Tive cansaço, tosse, febre, muito mal-estar. Fiquei em casa, sem muita informação e esperando o dia em que eu ia ficar pior”, lembra Thaís. Ela foi infectada de novo, quando a variante gama do vírus já escalava o número de casos e mortes: “Eu não senti nenhum mal-estar e eu tenho certeza que foi por causa da vacina”, diz Thaís. Proteção das vacinas contra a variante ômicron do coronavírus Jornal Nacional/ Reprodução Essa certeza já é sustentada por dados. “90% das pessoas que são hospitalizadas são pessoas não vacinadas. Isso acontecia em todo o mundo: na Europa, nos Estados Unidos... E aqui no Brasil, a gente já vê o mesmo fenômeno, cidade do Rio já reportou esses dados, estado de SP, Espírito Santo”, diz Júlio Croda, infectologista da Fundação Oswaldo Cruz. Contra a variante ômicron, que circula no Brasil, a proteção contra casos graves da doença para quem tem duas doses é de 90%; e para quem tem dose de reforço é de quase 100% nos primeiros cinco meses depois da vacina. “Eventualmente, você pode adquirir a doença, mas a vacina continua prevenindo, sim, o adoecimento, evita hospitalização e óbito”, afirma Júlio Croda. Atrás disso, a Ciência correu contra o tempo que voava nas emergências dos hospitais, mas se arrastava para aqueles que não puderam esperar a vez na fila da vacina. Quando a vacina chegou ao Brasil, a média móvel de casos era de mais de 50 mil por dia, e a de mortes estava quase em mil, sete vezes mais do que é hoje - e com tendência de alta. Era onde estávamos em 17 de janeiro de 2021. “Era um domingo. Eu estava na minha casa como quase que assistindo a aprovação da Anvisa como se fosse um jogo de futebol”, lembra Maurício Lacerda Nogueira, professor da Faculdade de Medicina de Rio Preto. “Sentimento muito forte de ter participado daquilo lá, de ter trabalhando muito para aprovação da Coronavac. Nós fizemos um excelente trabalho de vacinar a população e vacinar uma forma possível, deveria ter sido mais rápido, não foi por uma série de questões que transcendem a Ciência, e o prazer de ver que a população continua abraçando essa causa tão querida brasileira que é a vacinação”, comemora Maurício Lacerda Nogueira. Cada dose celebrada como um momento para não esquecer. “Ela interrompeu, a vacina, aquilo que na música se chama de a grande fúria do mundo. A grande fúria do mundo que não nos oferecia uma possibilidade de escape, era um grande sertão sem veredas e é claro que a vacina trouxe a condição de nós colocarmos já as nossas vidas numa reta e numa rota na qual se enxerga possibilidade de saída”, diz o professor da PUC-SP Mário Sérgio Cortella. O que nos trouxe até aqui. Depois de um ano da chegada do primeiro imunizante, o Brasil está entre os países que mais aplicaram doses de vacina. Estamos enfrentando a ômicron, uma variante altamente transmissível. A doença está próxima, todos os dias sabemos de alguém com Covid no trabalho, na família, entre os amigos. Mas a curva de casos registrados no país se descola da curva de mortes. Segundo os médicos, porque quase 70% dos brasileiros estão imunizados. Agora, chegou a vez de ver as crianças protegidas. E tem espaço para outra boa notícia? Já está pronta a primeira vacina 100% nacional. “Fruto de uma colaboração entre a Universidade de Oxford, AstraZeneca, e agora com mais um centro produtor tendo esse domínio da tecnologia - no caso, a Fiocruz, no Brasil. São necessários investimentos em ciência, tecnologia, inovação continuados para que a Ciência possa dar respostas”, afirma Nísia Trindade Lima, presidente da Fundação Oswaldo Cruz. Da fresta de luz no túnel escuro a uma visão clara do futuro protegido. Dá para acreditar.

Fortes rajadas de vento danificaram cabos de energia das fornecedoras RGE e CEEE/Equatorial entre domingo (16) e segunda-feira (17). Acúmulo de água na Rua Comendador Pereira, em Porto Alegre EPTC/Divulgação Pelo menos 145 mil clientes ficaram sem luz após as fortes chuvas que caíram em diversos pontos do Rio Grande do Sul, com intensas rajadas de vento, no domingo (16) e nesta segunda-feira (17). De acordo com a RGE, vários pontos da sua área de concessão tiveram cabos danificados por conta do vento, deixando pelo menos 45 mil clientes sem energia na segunda-feira. A maior parte dos clientes sem energia está na Região Metropolitana de Porto Alegre. Já a CEEE/Equatorial informou que cerca de 100 mil clientes ficaram sem energia após os dois dias de chuva e vento. A fornecedora aponta que os municípios com maior número de ocorrências são Porto Alegre, São Jerônimo, Viamão, Alvorada, Guaíba, Eldorado do Sul, Itati, Mostardas, Três Forquilhas, Bagé, São Lourenço do Sul, Encruzilhada do Sul e Turuçu. Chuva provoca transtornos no trânsito em Porto Alegre e Região Metropolitana Chuva derruba árvores, destelha casas e deixa pelo menos uma pessoa ferida no RS Após queda de árvore, unidade de saúde fica sem energia e suspende vacinação contra Covid em Porto Alegre Chuva causa transtornos A forte chuva em Porto Alegre nesta segunda-feira causou acúmulo de água em ruas, queda de árvores e deixou semáforos fora de funcionamento em toda a Região Metropolitana. No fim da tarde, havia acúmulo de água com restrição de faixas em seis locais e, em outros três, alagamento com bloqueio total de trânsito. Ao menos quatro pontos estavam com semáforos fora de operação. A prefeitura pede que a população acione o município pelo aplicativo 156+POA ou pelos telefones 156 e 118. VÍDEOS: Tudo sobre o Rio Grande do Sul
Organização Internacional do Trabalho estima que, em 2022, haverá 52 milhões de vagas a menos no mundo do que no último trimestre de 2019. OIT afirma que mercado de trabalho global vai levar mais tempo para se recuperar do que se pensava O mercado de trabalho global vai levar mais tempo para se recuperar do que se imaginava, segundo a Organização Internacional do Trabalho. A previsão é que as taxas de desemprego vão continuar acima dos níveis anteriores à pandemia pelo menos até 2023. A OIT estima que, em 2022, haverá 52 milhões de vagas a menos no mundo do que no último trimestre de 2019. No Brasil, o número de desempregados passou de 12,5 milhões em 2019 para 14,3 milhões em 2021. E a estimativa é que 2022 encerre com 14 milhões.
De acordo com o Banco Central, o IBC-Br acumulado de janeiro a novembro de 2021 é positivo em pouco mais de 4,5%. IBC-Br registra alta de 0,69% em novembro, depois de 4 quedas Em novembro de 2021, a atividade econômica no Brasil cresceu 0,69% depois de quatro quedas seguidas. De acordo com o Banco Central, o IBC-Br acumulado de janeiro a novembro de 2021 é positivo em pouco mais de 4,5%. O mercado financeiro considera esse índice uma prévia do PIB - que registra a soma de todas as riquezas produzidas no país num determinado período.

Segundo a Superintendência de Trânsito do Salvador (Transalvador), acidente aconteceu por volta das 17h30. Motociclista morre após batida no bairro de Pernambués, em Salvador Arquivo Pessoal Um motociclista morreu no final da tarde desta segunda-feira (17) após uma batida no bairro de Pernambués, em Salvador. Segundo a Superintendência de Trânsito do Salvador (Transalvador), o acidente entre a motocicleta que a vítima estava e o carro aconteceu por volta das 17h30, nas proximidades da Madeireira Brotas. De acordo com a Transalvador, o trânsito ficou bastante engarrafado, mas melhorou por volta das 20h. O Departamento de Polícia Técnica (DPT) foi acionado e retirou o corpo da vítima às 21h30. Não há detalhes sobre as circunstâncias do acidente. Veja mais notícias do estado no g1 Bahia. Assista aos vídeos do g1 e TV Bahia 💻 Ouça 'Eu te explico' 🎙

Testes estão sendo realizados no Ginásio Joaquim Prestes, das 8h às 12h e das 13h às 17h, mediante agendamento pelo call center 0800 642 0019. Guarapuava retoma testagens contra a Covid-19 no modelo drive-thru Divulgação/Prefeitura de Guarapuava A Secretaria Municipal de Guarapuava, na região central do Paraná, retomou nesta segunda-feira (17), a testagem para Covid-19 no modelo drive-thru. Os testes estão sendo realizados no Ginásio Joaquim Prestes, das 8h às 12h e das 13h às 17h, mediante agendamento pelo call center. "O número de casos positivos têm crescido no país e também em Guarapuava. A testagem dos pacientes sintomáticos monitorados, nos permite ter uma visão objetiva do número de casos em nosso município. Por isso, estamos retomando o sistema drive-thru, que atenderá além dos motoristas e passageiros nos carros, também pedestres", ressaltou o secretário de Saúde, Jonilson Pires. Guarapuava apresentou aumento no número de casos da doença nas últimas semanas. Entretanto não houve aumento nas internações. A orientação é que os casos sintomáticos realizem o teste a partir do terceiro dia dos sintomas. Pessoas assintomáticas que tiveram contato com caso confirmado de Covid-19, devem realizar a coleta entre o 5º e 7º dia após a data do último contato. A Secretaria Municipal de Saúde, reforça que após o agendamento e a coleta, o paciente deverá aguardar o resultado do exame, que estará disponível no aplicativo "Fala Saúde", cumprindo o protocolo de isolamento. "Quem for positivado ou se houver sintomas do vírus, deve permanecer sob cuidados, principalmente o isolamento social", disse Jonilson. Além disso, o secretário orientou também que as unidades de Urgência e Emergência devem ser procuradas somente por pacientes com indicação de internação. Já as Unidades Básicas de Saúde, caso haja sintomas leves da doença. A Secretaria de Saúde informou que o call center funciona todos os dias da semana, com ligações gratuitas, por meio do 0800 642 0019, das 8h às 22h. VÍDEOS: mais assistidos do g1 PR Veja mais notícias da região no g1 Campos Gerais e Sul.
Um homem foi baleado e morreu em uma tentativa de assalto depois de marcar um encontro por aplicativo de relacionamento. Em quase dois meses, a polícia de São Paulo já registrou pelo menos três casos parecidos. Golpe do falso encontro de aplicativo faz vítimas em São Paulo Um homem com encontro marcado pelo aplicativo de relacionamentos acabou sendo assassinado em São Paulo. Era um golpe. Foi na frente de um mercadinho na Zona Norte de São Paulo que o comerciante Alex Kim Shin, de 31 anos, perdeu o controle do carro depois de levar um tiro na cabeça. A aposentada Fátima Alves Pinto mora a poucos metros dali e conta que ouviu o barulho. “A gente ouviu a batida no pilar ali e depois os tiros. Foram bastante tiros. E depois duas motos em alta velocidade. Ai a gente já estava na janela”, conta. Os bandidos fugiram sem levar nada. O rapaz chegou a ser socorrido, em estado grave, passou por cirurgia, mas morreu. Na delegacia, um amigo de Alex contou que ele foi até a Vila Brasilândia para encontrar uma mulher que conheceu em um aplicativo de relacionamentos. A polícia suspeita que criminosos estejam usando esses aplicativos como isca para atrair as vítimas. Os encontros amorosos são, na verdade, armadilhas para roubos e até sequestros relâmpagos. Em quase dois meses, a polícia de São Paulo já registrou pelo menos três casos parecidos. Em novembro de 2021, um homem chegou de moto para um encontro, na Zona Oeste, e foi parar em um cativeiro. Depois de 24 horas, teve que sacar R$ 150 mil que tinha na conta e ficou sem a moto. Três dias depois, também no bairro do Butantã, câmeras de segurança registraram dois homens armados rendendo um terceiro, que esperava uma pessoa. Os ladrões fugiram levando a carteira e o celular da vítima. Paulo Bittencourt, delegado que investiga o assassinato de domingo (16), diz que é preciso ter cuidado com relacionamentos virtuais, principalmente antes de marcar um encontro. “Em primeiro lugar, tentar fazer uma conversação por imagem para verificar se pelo menos a pessoa que está se identificando é aquela que está como foto de contato. Procurar informações sobre o trabalho, horários, rotina... Se ele puder fazer print de tela, dividir isso com amigos ou familiares, facilita muito”, orienta o delegado. Ele diz ainda que o local do encontro deve ser escolhido com critério, de preferência um lugar público, bem movimentado e durante o dia, para inibir a ação de quadrilhas. É fundamental, também, resistir aos apelos sexuais, nos sites de encontro, que acabam seduzindo as vítimas. “O homem, normalmente, acaba se impressionando por imagens ou por histórias que são contadas a ele, imaginando que vai ter um encontro amoroso de tal forma que vale a pena arriscar ou nem pensa no risco", afirma o delegado Paulo Bittencourt.

Chuvas intensas são registradas no estado desde o fim de dezembro. Grande volume provocou a maior cheia do rio Tocantins dos últimos 20 anos. OAB lança campanha de arrecadação para ajudar famílias atingidas pelas cheias A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) no Tocantins iniciou uma campanha de arrecadação para ajudar a população ribeirinha afetada pelas enchentes que vêm atingindo o estado desde o fim de dezembro. Até esta segunda-feira (17) mais de 2.800 moradores foram obrigados a deixar suas casas após ficarem desabrigados ou desalojados. É possível participar da campanha de duas formas: fazendo transferência bancária ou doando os produtos. Podem ser doados alimentos, água mineral, roupas e material de limpeza. Os itens podem ser entregues na sede da OAB, em Palmas, ou em qualquer subseção no interior do estado. Quem quiser fazer transferência pode utilizar as seguintes opções: Transferência: Caixa de Assistência dos Advogados do Tocantins, agência – 3263, conta corrente - 103.462-6, Banco SICOOB – 756, CNPJ - 03.593.392/0001-38; PIX: 63999613072 Chuvas intensas são registradas no estado desde o fim de dezembro. O grande volume provocou a maior cheia do rio Tocantins dos últimos 20 anos. Comunidades ficaram ilhadas e propriedades submersas. LEIA TAMBÉM Cufa Tocantins lança campanha para ajudar famílias afetadas pelas enchentes no estado Mais de 2,8 mil pessoas seguem fora de casa por conta de enchentes no Tocantins No dia 5 de janeiro o Governo do Tocantins decretou situação de emergência por causa das enchentes. As famílias impactadas pelas enchentes no estado também estão sendo auxiliadas com cestas básicas enviadas pelo governo do estado. Além disso, a Central Única das Favelas (Cufa) também está realizando uma campanha de arrecadação. Famílias atingidas por enchentes são resgatadas em São Miguel do Tocantins Divulgação/Corpo de Bombeiros - TO Veja mais notícias da região no g1 Tocantins.

VÍDEOS: Polo Industrial de Manaus comemora resultados de 2021; Veja destaques do JAM2 VÍDEOS: Polo Industrial de Manaus comemora resultados de 2021; Veja destaques do JAM2